Apesar da pressão, governador do Paraná descarta volta das aulas nas escolas particulares antes de agosto - Portal Douglas Souza - Notícias da Região.

Notícias

Post Top Ad

Post Top Ad

quarta-feira, 6 de maio de 2020

Apesar da pressão, governador do Paraná descarta volta das aulas nas escolas particulares antes de agosto

Portal Douglas Souza

O Sindicato dos Estabelecimentos Particulares de Ensino do Estado do Paraná (Sinepe) anunciou nesta quarta (6) um plano de retomada gradativa e segura das aulas que foi apresentado à Secretaria de Estado da Saúde. Pela manhã, a secretaria de Saúde enviou nota ao Bem Paraná afirmando que o ofício do Sinepe tinha sido enviado ao secretário Beto Preto e que não havia prazo para a resposta. Por volta do meio-dia, no entanto, o governador Carlos Massa Ratinho Jr, acabou com o suspense ao ser questionado no Instagram se as aulas na rede particular voltariam em junho: "Não, provavelmente apenas no segundo semestre. Agosto", respondeu ele na rede social.

O próprio secretário Beto Preto já tinha feito a mesma previsão de retorno de aulas no segundo semestre em diversas ocasiões. A prefeitura de Curitiba anunciou no início dessa semana o adiamento das aulas presenciais para julho. Foi o terceiro adiamento desde o início da pandemia, em março e, segundo informações de fontes ligadas à secretaria, o retorno pode ser adiado novamente. dependendo do pico da doença. A Universidade Federal do Paraná (UFPR) suspendeu as aulas presenciais por tempo indeterminado, alegando que os cientistas não podem garantir a segurança do retorno por causa do avanço do Covid-19 no Estado.  A Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) decidiu prorrogar a suspensão até 31 de maio. "Continuaremos com as nossas atividades presenciais suspensas ao longo deste mês de maio, o que nos oportuniza tempo para discutir a situação da UTFPR durante a pandemia. Como presidente do colegiado, apresentei uma possibilidade de regime especial de atividades, mas é importante que os conselheiros possam dialogar com a comunidade sobre este ou novos encaminhamentos", comenta o reitor Luiz Alberto Pilatti. Uma nova reunião do conselho deverá ser agendada nos próximos dias para debater novamente o assunto.

Shoppings e academias também continuarão fechados - A Secretaria de Saúde do Paraná divulgou nesta terça-feira (5) que são mais 29 casos de confirmações e cinco óbitos pela Covid-19. A doença já atingiu 1588 pessoas residentes do Paraná e levou a óbito 99 pessoas. A secretária de Saúde de Curitiba, Márcia Huçulak, disse nesta quarta (6) que ainda não há como prever o pico da doença em Curitiba: 'A avaliação é feita de 15 em 15 dias". Ela, assim como secretário estadual de Saúde, Beto Preto, descartaram a reabertura de shoppings e academias. 

O plano do Sinepe - "A preocupação fundamental deste plano é, prioritariamente, atender aos filhos das famílias que trabalham em serviços essenciais. Tratam-se de mães e pais cuja rotina foi alterada apenas no lar, uma vez que continuam prestando um serviço mas não têm com quem deixar os filhos. Além disso, alguns acabam recorrendo aos avós, a maior parte idosos que se enquadram no grupo de risco do coronavírus”, justifica Esther Cristina Pereira, presidente do Sinepe/PR. O plano envolve uma retomada gradual das aulas, sempre mantendo o distanciamento social e as medidas de assepsia nas instituições. O Sinepe/PR assegura que as escolas particulares estão estruturadas e preparadas para cumprir esse protocolo de saúde. O sindicato acredita na viabilidade desta ação, também, uma vez que a estrutura da saúde pública dos inúmeros municípios do Paraná encontra-se em um patamar que possibilita essa transição gradual.

Fonte: Bem Paraná

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad