Campina do Simão - Morte de irmãs não foi por coronavírus, diz secretaria - Portal Douglas Souza - Notícias da Região.

Notícias

Post Top Ad

Post Top Ad

quinta-feira, 14 de maio de 2020

Campina do Simão - Morte de irmãs não foi por coronavírus, diz secretaria

Portal Douglas Souza

Em nota divulgada nesta quinta-feira (14), a pasta de Saúde do município informou que todos os exames das duas jovens tiveram resultado negativo para a doença

Foto - Reprodução
A Secretaria Municipal de Saúde de Campina do Simão divulgou uma nota nesta quinta-feira (14) para esclarecer que o óbito de duas irmãs no município não foi em decorrência do novo coronavírus. 


De acordo com o texto, foi feito o exame de PCR de uma das jovens (13 anos) no dia 26 de abril, sendo encaminhado para o Laboratório Central do Paraná (Lacen), em Curitiba. No dia 30, o resultado liberado foi negativo. 


Uma nova amostra foi enviada ao laboratório no dia 1° de maio, cujo resultado no dia 4 foi negativo. 


Posteriormente, uma terceira coleta foi enviada ao Lacen no dia 10 de maio, tendo resultado liberado nesta quarta (14), também sendo negativo. 


Já a outra menina (10 ano) fez um teste rápido no dia 27 de abril, sendo negativo para a covid-19. Em um novo exame, no dia 7 de maio, o mesmo resultado se repetiu - inclusive em um teste de PCR feito pelo Lacen, que foi liberado na última terça (12). 


“As suspeitas de coronavírus foram descartadas com vários exames negativados, realizados em dias diferentes, por diferentes profissionais, não sobrando nenhuma dúvidas quanto aos casos descartados”, afirma a pasta. 


A nota de esclarecimento é enfática ao pontuar que todos os exames negativados foram realizados, credenciados e autorizados em conformidade com os protocolos do Ministério da Saúde.


REPERCUSSÃO 
A Secretaria de Saúde afirma que são de conhecimento público “os comentários e notícias irreais” sobre o caso, e ressalta que a pasta, juntamente com o setor de epidemiologia do município, tem “compromisso com a verdade e se sensibiliza com os familiares que sofrem a perda e ainda sofrem com comentários desnecessários”.


Para ler a nota completa Clique aqui


Fonte: Jornal Correio do Cidadão

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad