Mato Rico - Idosa de 70 anos é esfaqueada pelo marido de 33 anos - Portal Douglas Souza - Notícias da Região.

Notícias

Post Top Ad

Post Top Ad

quinta-feira, 21 de maio de 2020

Mato Rico - Idosa de 70 anos é esfaqueada pelo marido de 33 anos

Portal Douglas Souza

O marido da idosa foi preso. E em Guarapuava duas mulheres foram agredidas na noite dessa quarta (20). Os agressores estavam embriagados

Foto - Reprodução
A Polícia Militar de Pitanga atendeu um caso de violência doméstica e fez apreensões de armas na noite dessa quarta (20), no interior de Mato Rico. De acordo com relato policial, por volta das 20h05, uma mulher de 70 anos, acompanhada dos filhos de 38 e 47 anos, foi até o Destacamento da PM.


Eles afirmaram que a mãe idosa sofre agressões frequentes pelo marido de 33 anos. A mulher afirmou que tinha sido ameaçada de morte pelo marido. E ainda que ele estava com uma faca e a feriu no braço. A vítima pediu socorro aos filhos.


Na Localidade Rio do Peixe, os policiais encontraram o agressor na residência do casal. Ele foi preso e durante buscas na casa, a PM apreendeu duas espingardas de pressão, modificadas para calibres 22 e 31, e munições calibre 22 intactas. 


Conforme a polícia, uma das espingardas estava carregada. O agressor e a vítima foram levados para a 45ª Delegacia de Polícia de Pitanga. Os dois filhos decidiram representar quanto as agressões sofridas. 


GUARAPUAVA 
Em Guarapuava, a PM atendeu duas ocorrências de lesão corporal e violência doméstica na noite dessa quarta(20). A primeira foi às 21h45, na rua Marabá, no bairro Boqueirão. No endereço, a mulher de 39 anos relatou aos policiais que o ex-marido foi até a casa dela embriagado, a agrediu e a ameaçou de morte. 


Ainda de acordo com relato feito à polícia, a mulher afirmou que a filha também foi agredida. O agressor fugiu e não foi encontrado.


JARDIM DAS AMÉRICAS 
E por volta das 22h10, na rua Itararé, uma mulher de 30 anos relatou aos policiais que o marido estava embriagado e a agrediu com socos na cabeça. Além disso, conforme a vítima, em determinado momento a filha do casal tentou intervir. 


Entretanto, o pai deu um tapa no rosto da filha de 11 anos. Quando os policiais chegaram até a casa, o agressor já tinha fugido. Por fim, a mulher foi orientada quanto aos procedimentos cabíveis. 


(Com Rede Sul de Notícias).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad