Novo período de monitoramento da dengue já tem 79 novos casos no PR - Portal Douglas Souza - Notícias da Região.

Notícias

Post Top Ad

Post Top Ad

quinta-feira, 13 de agosto de 2020

Novo período de monitoramento da dengue já tem 79 novos casos no PR

Portal Douglas Souza

Os casos de dengue foram confirmados em 29 municípios. O último período de 2019/2020, foi o de maior registro, com 227.724 confirmações e 177 mortes

Foto - Reprodução
O primeiro boletim do novo período sazonal da dengue no Paraná já traz 79 novos casos confirmados, em 29 municípios. São 484 notificações e 350 casos em investigação. O monitoramento terá sequência até julho de 2021, com dados notificados pelos municípios. Esses dados serão acompanhados pelas Regionais de Saúde e analisados e publicados pela Coordenadoria de Vigilância Ambiental, vinculada à Diretoria de Atenção e Vigilância em Saúde. 

Conforme o secretário da Saúde Beto Preto, mesmo diante da pandemia da covid-19 não podemos descuidar da dengue.

“A dengue se mantém como uma das maiores preocupações do Governo do Estado. Nossa mobilização para combater a proliferação do mosquito transmissor da doença é permanente, com apoio às ações em todos os municípios. O mosquito Aedes aegypti, transmissor da doença, se prolifera inclusive no inverno. Por isso, a recomendação de eliminação dos criadouros é válida para o ano todo. A dengue mata, mas pode ser evitada com a adoção sistemática da remoção dos focos.”

 Recentemente, a a secretaria estadual da Saúde repassou R$ 7 milhões para a aplicação em medidas de controle e prevenção em 236 municípios paranaenses. O boletim apresenta, como novidade, o canal endêmico do Estado representado graficamente. Assim, por meio de imagens, as ocorrências poderão ser avaliadas e os números observados. 

As cidades com maior registro de casos confirmados na primeira publicação deste novo período são: Foz do Iguaçu (20); Londrina (14); Pérola (9); Boa Vista da Aparecida (4) e Umuarama (3). Além desses, Ivaiporã, Maringá, Indianópolis, Goioerê e São Miguel do Iguaçu tiveram dois casos confirmados cada.

Registraram uma confirmação da doença os municípios de Tibagi, Marechal Cândido Rondon, São Pedro do Ivaí, Apucarana, Sarandi e Mandaguaçu. Além disso, Colorado, Querência do Norte, Porto Rico, Inajá, Cruzeiro do Sul e São Jorge do Patrocínio. E ainda, Ubiratã, Iretama, Campina da Lagoa, Cascavel, Medianeira, Marmeleiro e Dois Vizinhos. 

GUARAPUAVA - No período epidemiológico que terminou no dia 14 de julho de 2020, a 5ª Regional de Saúde, que tem sede em Guarapuava, confirmou 148 casos de dengue. Conforme os dados da Secretaria, dos 20 municípios pertencentes a regional, 16 registraram pelo menos um caso suspeito durante o período. A cidade com a situação mais crítica, foi Palmital que chegou a investigar 135 casos suspeitos, sendo que 60 foram confirmados. 

Além disso, Foz do Jordão confirmou 23 casos da doença, e levando em consideração o tamanho da população, proporcionalmente foi o município da regional com maior incidência da doença, chegando a 526,87%. Ainda de acordo com as informações, Guarapuava, que é a sede e tem a maior população da regional confirmou quatro dos 67 casos declarados suspeitos na Secretaria. 

Em Laranjal foram confirmados seis casos e em Laranjeiras do Sul outros três. Ainda houve confirmações em Maquinho (2), Nova Laranjeiras (8), Pinhão (1). E também em Pitanga (21), Porto Barreiro (2), Prudentópolis (5), Rio Bonito do Iguaçu (5), Turvo (1) e Virmond (1). (Com Rede Sul de Notícias).
Foto - Reprodução
Clique no link e participe do grupo de WhatsApp do Portal Douglas Souza: Grupo Portal Douglas Souza

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad