Palmital - Jovem de 13 anos denuncia seu pai por lesão corporal e diz ainda que por vezes o mesmo agride sua mãe e a deixa pernoitando fora de casa - Portal Douglas Souza - Notícias da Região.

Notícias

Post Top Ad

Post Top Ad

segunda-feira, 28 de dezembro de 2020

Palmital - Jovem de 13 anos denuncia seu pai por lesão corporal e diz ainda que por vezes o mesmo agride sua mãe e a deixa pernoitando fora de casa

É de conhecimento no meio policial que o acusado tem passagens pela lei maria da penha e ainda segundo os conselheiros, os mesmos possuem diversas denúncias e um relatório da situação na casa, dando conta das agressões contra a esposa e a filha

Foto - Portal Douglas Souza
A equipe da Polícia Militar de Palmital recebeu neste domingo (17), uma solicitação das enfermeiras plantonistas do Posto de Saúde Municipal de que uma adolescente teria chegado nervosa ao local pedindo ajuda para chamar a Polícia, pois seu pai o teria agredido e estaria nervoso na residência, lhe ameaçando.
 
A menor de 13 anos relatou ao Conselho Tutelar e a PM que seu pai, ingere bebida alcoólica todos os dias e fica agressivo e que neste domingo teria chegado novamente embriagado e começou a lhe ofender e agredi-la, sendo que usou um pedaço da máquina de lavar roupas para bater em suas coxas e ainda torceu sua orelha esquerda.
 
A mesma relatou ainda que por vezes agride sua mãe e a deixa pernoitando fora de casa, junto com uma criança de colo, mas que a mesma nega todas as acusações por ter medo dele.
 
É de conhecimento no meio policial que o acusado tem passagens pela lei maria da penha e ainda segundo os conselheiros, os mesmos possuem diversas denúncias e um relatório da situação na casa, dando conta das agressões contra a esposa e a filha.
 
Diante dos fatos a equipe se deslocou até a residência, onde localizou o mesmo embriagado em um dos quartos da casa, sendo que o mesmo se recusou a aceitar as ordens de abordagem e começou a gritar e a ofender os Policiais e sua filha, momento que investiu contra a equipe policial, tendo sido necessário o uso de técnicas de contenção e imobilização e o uso de algemas para conter a injusta agressão.
 
O mesmo foi algemado e conduzido no camburão da viatura até a 44 SDP de Palmital para os demais procedimentos.
 
Da ação policial não resultou nenhum tipo de lesão no indivíduo, foi também encaminhado pelo conselho tutelar, a vítima para a confecção de laudo de lesões. (Com Polícia Militar, via Central da Notícia).

LOGO001
logo_ead_unicesumar_vertical-300x189

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad