https://blogger.googleusercontent.com/img/a/AVvXsEgsmKdgZ61yoFghmojeTscmZ5x2vlpkh2ksh5NgJJL7aSO5AYjcUEkOgo8IXOkw7YptIDwH2tV8wc7mZ7JjvK0kNNRGFZ4-Cdho0_0vVYOXdtpAcMiracYRqE0ImB4jMvVMs-cqilGEAoihHlBosj7dwg8McNgSFUh1OkfvX_8eNSqW9H5ThR9aG-4G=s16000

Produtores orgânicos da região central serão certificados pelo Tecpar

A proposta é fruto da parceria firmada recentemente com Associação dos Municípios do Paraná (AMP), que visa ampliar a certificação de produtos orgânicos nos municípios do Estado, a fim de estimular a geração de empregos e renda e sustentabilidade

Foto - Reprodução/TECPAR

O Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar) apresentou, em uma reunião virtual nesta quinta-feira (1º), projeto de certificação de orgânicos que será desenvolvido junto à Associação dos Municípios do Centro do Paraná (Amocentro). A proposta é fruto da parceria firmada recém-assinada com Associação dos Municípios do Paraná (AMP), que visa ampliar a certificação de produtos orgânicos nos municípios do Estado, a fim de estimular a geração de empregos e renda e sustentabilidade.

O projeto, que também prevê a qualificação de técnicos para a execução das atividades, começará nos municípios da Amocentro devido às particularidades da região. São cidades que possuem grande número de pequenos produtores rurais, Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) menor que o de outras regiões e grande demanda para a certificação de orgânicos.

O diretor-presidente do Tecpar, Jorge Callado, destacou que, sob orientação do Governo do Estado, o instituto valoriza e investe em ações locais, que fortaleçam o desenvolvimento regional. "O Tecpar foi o primeiro organismo de certificação de produtos orgânicos do Brasil e temos ampla experiência na área. Queremos compartilhar com os municípios paranaenses as práticas sustentáveis da produção de orgânicos, que conferem maior qualidade e valor agregado aos produtos orgânicos comercializados pelos agricultores familiares", afirmou.

 Segundo o presidente da AMP e prefeito de Jesuítas, Júnior Weiller, o projeto busca fortalecer o cooperativismo junto às associações de municípios, para que, juntos, tenham a força para alcançar seus objetivos e seus direitos. “Queremos que os nossos municípios, onde as coisas acontecem, possam oferecer aos cidadãos e cidadãs paranaenses mais qualidade de vida e, aos prefeitos e prefeitas, melhores condições de gestão", afirmou.

Maicol Barbosa, presidente da Amocentro e prefeito de Pitanga, agradeceu ao presidente Junior Weiller pela dedicação aos interesses dos municípios paranaenses, bem como ao Tecpar. “Agradeço pelo empenho em unir todos os municípios da Amocentro e do Paraná em torno de objetivos comuns e que beneficiem à nossa gente", disse.

PRODUTOS – A certificação de orgânicos é uma oportunidade para o desenvolvimento da produção de pequenos agricultores familiares, trazendo benefícios como o aumento de renda, profissionalização e acesso a novos mercados. Com a certificação, a unidade de produção ou processamento estará autorizada a utilizar o Selo Orgânicos do Brasil, imprescindível para comercialização de seus produtos em todo o território nacional.

O selo pode ser concedido a agricultores que atuam nas seguintes áreas: produção primária vegetal e animal; processamento de produtos de origem vegetal e animal ou extrativismo sustentável orgânico. Os produtores certificados também poderão participar do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), ação do governo federal que incentiva a compra de produtos da agricultura familiar.

Os benefícios também se estendem à população em geral, que tem no selo de certificação a garantia de origem dos produtos que estão sendo adquiridos. São alimentos com mais nutrientes, sabor e aroma, produzidos dentro das normas de preservação do meio ambiente – com redução de impacto no solo e maior proteção dos mananciais.

CAPACITAÇÃO – A proposta do Tecpar incluiu a realização de um workshop para capacitar os servidores em assuntos relacionados à legislação e ao processo de certificação de orgânicos. No conteúdo estão temas referentes à legislação, avaliação de requisitos para obter a certificação, inspeção nas unidades de produção/processamento, além de orientações sobre correções em casos de não conformidades.

ASSOCIAÇÃO – A Amocentro é composta por 16 municípios da Região Central do Paraná: Altamira do Paraná, Boa Ventura de São Roque, Campina do Simão, Cândido de Abreu, Guarapuava, Iretama, Laranjal, Manoel Ribas, Mato Rico, Nova Tebas, Palmital, Pitanga, Roncador, Santa Maria do Oeste e Turvo.

REFERÊNCIA – Primeiro organismo de certificação de produtos orgânicos por auditoria do Brasil, o Tecpar Certificação se destaca como o terceiro maior certificador por auditoria do segmento do País, credenciado pelo Ministério da Agricultura e Abastecimento (Mapa) e pelo Inmetro.

Participe do nosso grupo de WhatsApp e receba informações em seu celular: Grupo de WhatsApp Portal Douglas Souza (06)

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
https://blogger.googleusercontent.com/img/a/AVvXsEiGwG9COWKANhh_kPhzLo4zNkaG-gl9vHLyeAfi4dkp8G-cNpxwpvMp8LXEKCLRsboi39v4sjWgUb_ZmKGVi4icgwt16lvI4eRjtHdoSD7DHc_bVqVJ5fc5eiNrqQA6P_2bDKgu_Epb_L2Xz3_X1EhHftufq5vWbhmpN84q-O3LcfN-SNT6KdNF9Cli=s16000
https://blogger.googleusercontent.com/img/a/AVvXsEgsmKdgZ61yoFghmojeTscmZ5x2vlpkh2ksh5NgJJL7aSO5AYjcUEkOgo8IXOkw7YptIDwH2tV8wc7mZ7JjvK0kNNRGFZ4-Cdho0_0vVYOXdtpAcMiracYRqE0ImB4jMvVMs-cqilGEAoihHlBosj7dwg8McNgSFUh1OkfvX_8eNSqW9H5ThR9aG-4G=s16000
https://blogger.googleusercontent.com/img/a/AVvXsEgsmKdgZ61yoFghmojeTscmZ5x2vlpkh2ksh5NgJJL7aSO5AYjcUEkOgo8IXOkw7YptIDwH2tV8wc7mZ7JjvK0kNNRGFZ4-Cdho0_0vVYOXdtpAcMiracYRqE0ImB4jMvVMs-cqilGEAoihHlBosj7dwg8McNgSFUh1OkfvX_8eNSqW9H5ThR9aG-4G=s16000