https://blogger.googleusercontent.com/img/a/AVvXsEgjqNWX2Ex2ZwZCkkiyiVKdUW7-_rKAGTbTOYHI6swESGNaFuLa998wGuaQVmX4zJgHobLM_DDfe8GDnvWTymZbuva_3wWrdzm6Lo9AHa_b2IiTmSJdTEsdE9E2gQ1csAQU2Ip4H9S7JV9vExXzRHrNSgO2AaWWMsz7k2ohPmz8NCE7xoTTOERaVH_45A=s16000

Enfermagem paranaense participa da 2° Marcha em Defesa do Piso Salarial

A 2ª Marcha da Enfermagem contou com o apoio de várias entidades de todo o Brasil, e somente do Paraná, um grupo de aproximadamente 150 profissionais da enfermagem apoiado pelo Conselho Regional de Enfermagem do Paraná, saiu de diversas cidades do estado

Foto - Assessoria

Um grupo com pouco mais de 2 mil profissionais da Enfermagem, sindicatos e diversas entidades de classe de quase todos os estados do País se uniram para reivindicar a aprovação da PL 2564/2020, que estabelece o piso salarial, além da carga horária de 30h semanais para enfermeiros, técnicos, auxiliares e obstetrizes.

A 2ª Marcha da Enfermagem contou com o apoio de várias entidades de todo o Brasil, e somente do Paraná, um grupo de aproximadamente 150 profissionais da enfermagem apoiado pelo Conselho Regional de Enfermagem do Paraná, saiu de diversas cidades do estado, dentre elas Curitiba, Ponta Grossa, Londrina, Cascavel e Foz do Iguaçu para cobrar ao parlamento a votação do PL 2564/2020. 

Dentre palavras de ordem e discursos de vários representantes, em prol da categoria, os manifestantes marcharam para o gramado em frente ao Congresso Nacional.

Antônio Coutinho, coordenador da Comissão Nacional de Enfermagem Forense do Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) exaltou a luta da categoria. 

“Frequentamos a Esplanada há mais de 20 anos, de sol a sol e agora, diante da pandemia, a pressão é grande. Os enfermeiros desse Brasil são os cuidadores da Saúde em maior número e merecem o devido reconhecimento”

A enfermagem soma mais de 18 PLs ao longo dos anos, tramitando na Câmara. “Nós estamos aqui hoje, com essa multidão, como prova de que não vamos desistir de lutar. Estamos na reta final e agora temos o apoio de todo o País”, disse a presidente do Cofen, Betânia Santos.

“Já passou da hora da enfermagem ser valorizada. São gerações cuidando da vida humana, e os profissionais ainda precisam se humilhar para conseguir a valorização e o reconhecimento de tamanha dedicação. O PL 2564/2020 precisa ser aprovado com urgência e não vamos parar de lutar enquanto ele não for aprovado.” Disse Rita Franz, presidente do Coren-PR. (Com corenpr.gov.br).

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
https://blogger.googleusercontent.com/img/a/AVvXsEhFUunwjVcqmCFMl2wzTBAERXRKZRb_jheK00tfjVFXAoXYX2eyRula0vIaxRC2Ry_Lnt7bX81RmamFkORegbjXdVhskeJpiGYUoITK3UAKRjUHTPCqMyEPciH1LXMcV__6M4lezXqdrXl25MJ0TPY9rtJPywNblcmC-yFD-HTW3zDFdY5cpr9GR84joA=s16000
https://blogger.googleusercontent.com/img/a/AVvXsEgjqNWX2Ex2ZwZCkkiyiVKdUW7-_rKAGTbTOYHI6swESGNaFuLa998wGuaQVmX4zJgHobLM_DDfe8GDnvWTymZbuva_3wWrdzm6Lo9AHa_b2IiTmSJdTEsdE9E2gQ1csAQU2Ip4H9S7JV9vExXzRHrNSgO2AaWWMsz7k2ohPmz8NCE7xoTTOERaVH_45A=s16000
https://blogger.googleusercontent.com/img/a/AVvXsEgjqNWX2Ex2ZwZCkkiyiVKdUW7-_rKAGTbTOYHI6swESGNaFuLa998wGuaQVmX4zJgHobLM_DDfe8GDnvWTymZbuva_3wWrdzm6Lo9AHa_b2IiTmSJdTEsdE9E2gQ1csAQU2Ip4H9S7JV9vExXzRHrNSgO2AaWWMsz7k2ohPmz8NCE7xoTTOERaVH_45A=s16000