https://i.ibb.co/3FFvsLT/PUB01.gif

Moradores de Altamira do Paraná sofrem com falta de água

Baixa vazão de poços que abastecem as casas provocou a falta já na sexta (24), e se não chover desabastecimento segue até a quinta (30)

Foto - Divulgação

A estiagem prolongada acelerou a queda da vazão dos poços que abastecem os moradores de Altamira do Paraná já na última sexta (24). Por esta razão, ocorre falta de água ou baixa pressão nas redes de distribuição nas regiões do Centro da cidade, Conjunto Pombal e Sub 50. Sem perspectivas de chuvas, o abastecimento só deve voltar à normalidade na quinta (30), de forma gradativa.

Conforme observa a Sanepar, o Paraná vive uma estiagem severa e emergência hídrica. Portanto, no momento, é imprescindível que todos colaborem, adotando hábitos de consumo inteligente da água e uso racional. A orientação é para que a água tratada seja priorizada para alimentação e higiene pessoal.

Assim sendo, lavagem de carros, calçadas e fachadas, devem ser adiadas até que a situação se normalize. É preciso reutilizar a água da lavagem e enxágue de roupas e reduzir o tempo no banho.

De acordo com a Sanepar, podem ficar desabastecidos clientes que não têm caixa-d’água no imóvel. Por isso, a Sanepar sugere que cada imóvel tenha uma caixa-d’água de pelo menos 500 litros. Assim, é possível ter água por 24 horas, no mínimo.

SERVIÇO
O Serviço de Atendimento ao Cliente Sanepar é feito pelo telefone 0800 200 0115. Ao ligar, tenha em mãos a conta de água ou o número de sua matrícula. Para consultar esta e outras informações, use o aplicativo para celular Sanepar Mobile ou acesse sempre o site da Sanepar. (Com Portal RSN).

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
https://i.ibb.co/nD1c9pj/PUB02.gif
https://i.ibb.co/3FFvsLT/PUB01.gif
https://i.ibb.co/3FFvsLT/PUB01.gif