https://i.ibb.co/3FFvsLT/PUB01.gif

Número de assassinatos diminui 13% no Paraná, nos primeiros oito meses de 2021

Dados da Sesp-PR, informados via Lei de Acesso à Informação, apontam que entre janeiro e agosto, estado registrou 1.235 vítimas de homicídio doloso, latrocínio ou lesão corporal com morte

Imagem ilustrativa/Reprodução

O total de pessoas assassinadas em casos de homicídio doloso, latrocínio (roubo seguido de morte) e lesão corporal diminuiu 13,9% no Paraná, nos primeiros oito meses de 2021.

Segundo dados repassados ao g1 via Lei de Acesso à Informação (LAI) pela Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesp-PR), entre janeiro e agosto deste ano, foram registradas 1.235 mortes violentas.

No mesmo período do ano anterior, conforme os dados, os registros de vítimas destes tipos de crime somaram 1.435.

Na divulgação de balanço anterior, considerando o período entre janeiro e julho dos dois anos, a redução era de 12,11%.

O estado registrou, no comparativo dos oito primeiros meses, queda em todos os tipos de assassinatos analisados.

A maior queda foi em relação ao total de mortes por lesão corporal, que diminuiu de 38, no ano anterior, para 25, nos primeiros oito meses deste ano (-34,21%). Veja, abaixo:

O número de vítimas de feminicídio , na mesma comparação entre os períodos, caiu de 48 para 45, o que representa redução de 6,25%.

A Sesp-PR destaca que os dados de feminicídios já estão inclusos no total de homicídios dolosos.

O estado passou a informar detalhadamente os dados de mortes por feminicídio em maio de 2020, considerando que anteriormente, os dados eras divulgados junto com os números de homicídio doloso.

Queda em agosto
Os registros de mortes violentas no estado também tiveram queda, se considerados somente os dados do mês de agosto deste ano com o mesmo mês em 2020.

Segundo o levantamento, 118 pessoas foram assassinadas no Paraná em agosto de 2021, enquanto que, no mês do ano anterior, foram 164: houve redução de 28,04%.

As mortes por homicídio doloso caíram de 152 para 114, no comparativo entre o mesmo mês dos dois anos. Também houve diminuição de vítimas de latrocínio: passou de sete para uma.

Em agosto deste ano, três pessoas foram mortas por lesão corporal. No mesmo mês, em 2020, foram cinco vítimas.

O total de feminicídios no mês se manteve o mesmo de agosto do ano anterior: seis mulheres assassinadas, conforme os dados.

Monitor da Violência

O levantamento nacional dos dados de mortes violentas faz parte do Monitor da Violência, uma parceria do g1 com o Núcleo de Estudos da Violência da USP e o Fórum Brasileiro de Segurança Pública. (Com g1 Paraná).

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
https://i.ibb.co/nD1c9pj/PUB02.gif
https://i.ibb.co/3FFvsLT/PUB01.gif
https://i.ibb.co/3FFvsLT/PUB01.gif