https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEhGeS-LLzkA_63ReClz19vLaOwBzV5BxEROZ7840QVqZ91IdEsgAz5f-i1Yeul3LtYLbCYyrrhl0D75ZpJpBiIrAcfYbYI7d_uHhkbHu69149aZJw_epInD2y7Yfl0cRyhCGrsnsEh8glDZy8Jlb0KUuzN158j9okkZP3qx3y9RZvUZsMNMfAOZkhtz/s730/P001.gif

Câmara de Vereadores de Laranjeiras do Sul devolve R$ 1.026.430,21 ao Executivo Municipal

O cheque simbólico foi entregue na manhã desta terça-feira (28) ao prefeito Berto Silva pelo presidente da Câmara de Vereadores de Laranjeiras do Sul, Carlos Alberto Machado

Foto - Assessoria

A economia gerada pelo Legislativo de Laranjeiras do Sul ao longo do ano que chega ao fim, possibilitou à devolução de R$ 1.026.430,21 ao Município.

O cheque simbólico foi entregue na manhã desta terça-feira (28) ao prefeito Berto Silva pelo presidente da Câmara de Vereadores de Laranjeiras do Sul, Carlos Alberto Machado. O montante está dividido em cancelamento de dotação orçamentária, rendimentos financeiros e repasse das sobras do Legislativo ao final do ano.

Estiveram presentes no gabinete do prefeito, acompanhando o ato, os seguintes vereadores: Carlos Alberto Machado (Magrão), Tarso Campigotto, Ivaldonir Panatto, Darci Massuqueto, Halisson Galvan, Juvinha Viola, Joel Demétrio, Celso Azevedo, Valeide Scarpari, Valmir Trindade-Sete, Rodrigo Scheis e Ney Becker, além do vice-prefeito, Valdemir Scarpari e o secretário de Finanças, Deoclécio De Nez.

Cancelamento de dotação orçamentária
Da soma total, R$ 300 mil deixaram de ser repassados à Câmara pela Prefeitura desde o começo do ano, atendendo pedido da Mesa Diretora. Assim, o orçamento inicial foi reduzido para R$ 3.666.00,00 milhões. A medida foi determinada via lei aceita por todos os vereadores, seguido pela publicação da Resolução 001/2021. Isso representa um repasse a menor ao Legislativo na importância de R$ 25 mil mensais.

Devolução das sobras e rendimentos
Já a devolução dos recursos provenientes da sobra do Legislativo representa a economia da Casa ao longo do ano. A partir dos R$ 3.666.00,00 milhões repassados pela Prefeitura após o cancelamento da dotação orçamentária, R$ 726.430,51 foram devolvidos aos cofres do Executivo Municipal. Deste valor, R$ 14.792,88 são fruto de rendimentos de aplicação financeira, enquanto R$ 711.636.63 representam a economia por parte dos vereadores e servidores.

Para saber:

1 – O orçamento do município em 2021 foi de R$ 104 milhões de reais.

2 – Do montante, o Legislativo tinha direito a até 7%, ou seja, R$ 3.966.00,00 milhões anual.

3 – A pedido da Mesa Diretora da Câmara, a prefeitura efetuou um repasse menor, de R$ 3.666.00,00. A economia orçamentária foi de R$ 300 mil.

4 – Além deste montante, a Câmara economizou mais R$ 726.430,51 dos R$ 3.666.00,00 repassados.

5 – Os recursos financeiros foram devolvidos aos cofres da prefeitura ao final de dezembro, sugerindo aplicação em educação e investimentos no Programa Dinheiro Direto na Comunidade. (Com Assessoria).


Quer ficar por dentro das principais notícias da região? Então acompanhe o Portal Douglas Souza nas redes sociais, clicando nos seguintes links: WhatsApp | Facebook | Instagram

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEj23v8ptcRUDOBhUGA4tx-sr3uWRsBaBV0udG1nrktZWmbPqpMyUYvaNTPuB9Hz2jj8QX_59GuHB5mtSWif5lC5qOPn85eo3yCvLypzyuH2AvWFKYHOQhgzn9FBfvLOajGqpEif3biKfsIwUsTSwXvq_D4iGMVE2ySqzZPHAlt78VjJbD46rxD8GIQh/s730/P002.gif
https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEhGeS-LLzkA_63ReClz19vLaOwBzV5BxEROZ7840QVqZ91IdEsgAz5f-i1Yeul3LtYLbCYyrrhl0D75ZpJpBiIrAcfYbYI7d_uHhkbHu69149aZJw_epInD2y7Yfl0cRyhCGrsnsEh8glDZy8Jlb0KUuzN158j9okkZP3qx3y9RZvUZsMNMfAOZkhtz/s730/P001.gif
https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEhGeS-LLzkA_63ReClz19vLaOwBzV5BxEROZ7840QVqZ91IdEsgAz5f-i1Yeul3LtYLbCYyrrhl0D75ZpJpBiIrAcfYbYI7d_uHhkbHu69149aZJw_epInD2y7Yfl0cRyhCGrsnsEh8glDZy8Jlb0KUuzN158j9okkZP3qx3y9RZvUZsMNMfAOZkhtz/s730/P001.gif