https://i.ibb.co/61JTKvh/PUB01.gif

Deputada anuncia 34 novos leitos para Guarapuava e Região

De acordo com a deputada, essa conquista resulta da "forte pressão de lideranças regionais" para a ampliar o atendimento na macrorregião

Foto: Ascom/gabinete parlamentar/Via Portal RSN
A deputada Cristina Silvestri (CDN) anunciou por volta das 16h desta quarta (19), mais 34 novos leitos para Guarapuava e Região. Além da compra de mais três respiradores. De acordo com a parlamentar, essa conquista resulta da “forte pressão de lideranças regionais “para a ampliação do atendimento na macrorregião. Conforme a deputada, o prefeito Celso Góes, junto da 5ª Regional de Saúde, tiveram papel importante na articulação conjunta com o Estado.

Dessa forma, foram credenciados cinco novos leitos de UTI para o Hospital São Vicente e seis leitos de enfermaria. Todavia, o Instituto Virmond receberá 12 novos leitos de enfermaria. O Instituto São José, de Laranjeiras do Sul, contará com mais um leito de UTI e 10 de enfermaria. Além disso, novos respiradores já foram entregues em Guarapuava para as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs).

SE ANTECIPOU
Conforme Cristina Silvestri, quando o sistema de saúde começou a dar sinal de colapso, as articulações junto ao Estado já começaram. “Entramos em contato com o secretário Beto Preto, que não mediu esforços para nos atender. Apesar das limitações que o Governo está enfrentando para a abertura de leitos, já que isso é uma demanda de todo o Paraná”.

De acordo com a deputada, o último fim de semana foi de tentativas para a transferência de pacientes para outras Regiões. “Agora, com a confirmação, temos um sinal de esperança. Mas precisamos continuar com as medidas restritivas mais intensas”.

NÚMERO DE LEITOS
Com o anúncio da deputada, passa de 180 o número de leitos ativos em Guarapuava e Região. Conforme Cristina Silvestri, além dos leitos, há o suporte de todos os hospitais da Região. Ou seja, em Turvo, Candói, Prudentópolis, Pitanga, Pinhão, que estão dando retaguarda para o combate aos casos.

Entretanto, ela lembra que esse trabalho está sendo feito como medida de controle temporária. “Mesmo com todos os novos leitos, a situação de colapso não vai passar rápido. Continuaremos com pessoas aguardando na fila. É necessário consciência da população e, mais que isso, vacina para todos”. (Com Portal RSN).

LOGO-2-SITE
Participe do grupo de WhatsApp do Portal Douglas Souza e receba informações em seu celular; Grupo WhatsApp Portal Douglas Souza (05)
Whats%2BPrevi%2BVida

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
https://i.ibb.co/FxYNpLw/PUB02.gif
https://i.ibb.co/61JTKvh/PUB01.gif
https://i.ibb.co/61JTKvh/PUB01.gif