https://i.ibb.co/61JTKvh/PUB01.gif

Guarapuava - HSV atinge superlotação e não tem mais como receber pacientes

Operando em contingência, direção clínica informa que "serviço encontra-se com sua capacidade ocupacional, física e operacional esgotada"

Foto - Jota Torres/Portal RSN
O diretor clínico do Hospital São Vicente de Guarapuava, médico Eduardo F. Borges emitiu um comunicado neste sábado (15), para as autoridades municipais e estaduais de saúde, informando a superlotação de leitos, devido ao agravamento dos casos de covid-19 no município.

Assim, o comunicado dirigido ao Samu, Corpo de Bombeiros, Secretaria Municipal de Saúde, Central de Leitos, Promotoria de Saúde e 5ª Regional de Saúde, informa que neste sábado tanto os leitos de enfermaria quanto os de UTI estão superlotados. É preciso lembrar que o hospital atende ainda pacientes com outras demandas.

Conforme o médico, a UTI Geral e a UTI Covid, com 15 leitos cada estão ocupadas. Além disso, o Pronto Atendimento do HSV tem seis pacientes aguardando vaga em UTI. Destes três estão intubados, três em ventilação não invasiva e um paciente a caminho, que também é uma possível vaga para UTI.

EMERGÊNCIA
Assim, de acordo com Eduardo Borges em entrevista ao Portal RSN, temporariamente, o atendimento do Pronto Socorro fica restrito para pacientes de Urgência e Emergência até que a situação se normalize ou que os pacientes que aguardam vaga em UTI sejam realocados.

Por causa disso, a direção do HSV informou que o setor de emergência “está impossibilitado de receber pacientes graves devido a falta de espaço físico”. O Pronto Atendimento está com um paciente na sala de emergência, e um paciente a caminho.

"Com isso essa unidade informa sobre o agravamento do quadro de lotação em sua unidade de UTI e constatação de que o serviço encontra-se com sua capacidade ocupacional, física e operacional esgotada."

Desse modo, para evitar qualquer risco para os pacientes internados, os hospital colocou em prática, um plano de contingência. Desse modo, esse plano inclui a notificação de superlotação para as autoridades responsáveis do Município e do Estado.

Além disso, o plano inclui a adequação de equipamentos e equipe médica de enfermagem e multiprofissional que possam fazer frente às necessidades do momento.

O comunicado ainda pede a transferência de casos de alto risco no sistema CARE e instalação de medidas de apoio do serviço de CCIH para atuação preventiva, evitando complicação decorrente do aumento de demanda.

COLAPSO
Atualmente, Guarapuava tem o maior número de casos ativos desde o início da pandemia. O caos vivenciado nas unidades de saúde ocorrem em todo o Paraná e no Brasil. Nesta semana, o Portal RSN teve acesso exclusivo à sala vermelha da Upa Batel, onde pacientes estão intubados.

Uma luta entre a vida e a morte está sendo travada por pacientes graves da covid-19 em Guarapuava. Trata-se de um cenário dramático, em todas as unidades de saúde.

Por fim, os leitos de UTI do Hospital Regional também estão lotados com pacientes de covid-19. O HR atende pacientes de outras Regiões do Estado. (Com Portal RSN).
LOGO-2-SITE
Participe do grupo de WhatsApp do Portal Douglas Souza e receba informações em seu celular; Grupo WhatsApp Portal Douglas Souza (05)
Whats%2BPrevi%2BVida

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
https://i.ibb.co/FxYNpLw/PUB02.gif
https://i.ibb.co/61JTKvh/PUB01.gif
https://i.ibb.co/61JTKvh/PUB01.gif