https://i.ibb.co/61JTKvh/PUB01.gif

Secretaria de Assistência Social de Laranjal faz orientações sobre o dia estadual de combate ao feminicídio

Esse dia, foi instituído pela Lei 19.873/2019, em memória à morte violenta da advogada Tatiane Spitzner, ocorrida há exatamente dois anos, e a todos os outros casos de feminicídios registrados no estado

Arte - Assistência Social

A Secretaria Municipal de Assistência Social de Laranjal vem lembrar, através do Portal Douglas Souza, que hoje (22 de julho) é o Dia Estadual de Combate ao Feminicídio. 

Esse dia, foi instituído pela Lei 19.873/2019, em memória à morte violenta da advogada Tatiane Spitzner, ocorrida há exatamente dois anos, e a todos os outros casos de feminicídios registrados no estado.

Os padrões machistas enraizados na sociedade brasileira, antes que se tornem estatísticas, devem ser trabalhados não só no momento em que a violência é denunciada, mas também de forma preventiva.

Destacamos que existe uma Central de Atendimento à Mulher – Ligue 180 presta uma escuta e acolhida qualificada às mulheres em situação de violência. O serviço registra e encaminha denúncias de violência contra a mulher aos órgão competentes, bem como reclamações, sugestões ou elogios sobre o funcionamento dos serviços de atendimento.

O serviço também fornece informações sobre os direitos da mulher, como os locais de atendimento mais próximos e apropriados para cada caso: Casa da Mulher Brasileira, Centros de Referências, Delegacias de Atendimento à Mulher (Deam), Defensorias Públicas, Núcleos Integrados de Atendimento às Mulheres, entre outros.

A ligação é gratuita e o serviço funciona 24 horas por dia, todos os dias da semana. São atendidas todas as pessoas que ligam relatando eventos de violência contra a mulher.

O Ligue 180 atende todo o território nacional e também pode ser acessado em outros países.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
https://i.ibb.co/FxYNpLw/PUB02.gif
https://i.ibb.co/61JTKvh/PUB01.gif
https://i.ibb.co/61JTKvh/PUB01.gif