https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEiI-1ys1n_67SBduIdqWDQVXRtQLb9uS2VzZroFi6dX8lP8X0Fp4cGvX6ENoY3vHbyCG7l6ZM7m1eA92VI9TOQyorz_p8jXJNdwgPOViPG70RFM68CsQ_YTAgUU6PgSe7DFEqCWaKOwzvAtIRVIujhAEt4fBPdESk6F-GQYzbX3WP9YrIz3suL0xrL7/s730/N01.gif

Profissionais de enfermagem de Pitanga vão a Brasília reivindicar melhorias

As profissionais de Pitanga irão se juntar ao movimento chamado Gigantes da Enfermagem, que sairá de ônibus, da cidade de Ponta Grossa e seguirá a Brasília

Foto - Reprodução/Jornal Paraná Centro

Lucélia de Paula, Viviane Macoski e Vera Lucia Peczk são representantes de Pitanga em um movimento nacional, que vai ocorrer em Brasília, no dia 17 de agosto, quando profissionais de enfermagem de todo o Brasil farão uma manifestação para reivindicar a aprovação do projeto de Lei, que tramita no Senado Federal, que implanta o piso salarial da enfermagem e regulamenta sua carga horária. O projeto está parado no legislativo e o movimento é para pressionar o presidente Rodrigo Pacheco para que o projeto seja colocado em pauta.

As profissionais de Pitanga irão se juntar ao movimento chamado Gigantes da Enfermagem, que sairá de ônibus, da cidade de Ponta Grossa e seguirá a Brasília.

Eliséia Aparecida dos Santos, que é uma das organizadoras da mobilização, destaca que o objetivo é chamar a atenção não apenas dos senadores, mas de toda população para que apoie a causa da enfermagem. 

“Até então se falava que a classe da enfermagem era desunida, mas estamos trabalhando para mudar esse cenário e vamos nos unir a nesse movimento, para que as pessoas possam conhecer a nossa pauta e nos dar força as nossas reivindicações”

A técnica em enfermagem, que trabalha no Hospital São Vicente de Paulo de Pitanga, Eliséia Santos, afirma que os casos de Covid-19 estão diminuindo e isso pode fazer com que o trabalho da enfermagem caia novamente no esquecimento. 

“Essa luta pelo piso salarial vem de anos e achamos que agora é o momento; vemos pelas redes sociais, as pessoas elogiando, aplaudindo e falando que somos heróis, mas a valorização financeira ainda não aconteceu”

As pessoas que quiserem contribuir com as enfermeiras, que vão participar da mobilização em Brasília, podem fazer a contribuição por pix para número de celular 42984285389 em nome de Lucélia de Paula. (Com Jornal Paraná Centro).

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEh9s_lMK7Az2PtqFRjVLJM1Jr1PPl4K9hJX9TFHZp032cR6fCwsmhToxFK1nMUPiaVJ6sYtRVCpzNzRc8lL9L0MQ7iAEDjKZajh7HOBCS8znEJKRw0t95yvvuc4JyMwEMeORl0G4F0VC7343nT-OnvJvWMKT0h7SQReKffBIPGOxSbHNXVmJ0eDv39c/s16000/N02.gif
https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEiI-1ys1n_67SBduIdqWDQVXRtQLb9uS2VzZroFi6dX8lP8X0Fp4cGvX6ENoY3vHbyCG7l6ZM7m1eA92VI9TOQyorz_p8jXJNdwgPOViPG70RFM68CsQ_YTAgUU6PgSe7DFEqCWaKOwzvAtIRVIujhAEt4fBPdESk6F-GQYzbX3WP9YrIz3suL0xrL7/s730/N01.gif
https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEiI-1ys1n_67SBduIdqWDQVXRtQLb9uS2VzZroFi6dX8lP8X0Fp4cGvX6ENoY3vHbyCG7l6ZM7m1eA92VI9TOQyorz_p8jXJNdwgPOViPG70RFM68CsQ_YTAgUU6PgSe7DFEqCWaKOwzvAtIRVIujhAEt4fBPdESk6F-GQYzbX3WP9YrIz3suL0xrL7/s730/N01.gif