https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEhGeS-LLzkA_63ReClz19vLaOwBzV5BxEROZ7840QVqZ91IdEsgAz5f-i1Yeul3LtYLbCYyrrhl0D75ZpJpBiIrAcfYbYI7d_uHhkbHu69149aZJw_epInD2y7Yfl0cRyhCGrsnsEh8glDZy8Jlb0KUuzN158j9okkZP3qx3y9RZvUZsMNMfAOZkhtz/s730/P001.gif

Filha encontra pai de 49 anos sem vida dentro de casa em Guarapuava

Paulo Fernandes de Lima não apareceu no trabalho e não atendia as ligações. O sepultamento ocorre ainda nesta terça (25)

Imagem ilustrativa/Reprodução

Uma jovem de 23 anos encontrou o pai de 49 anos sem vida dentro de casa nessa segunda (24), no bairro Vila Bela em Guarapuava. De acordo com as informações, o homem atentou contra a própria vida. A equipe verificou a solicitação da jovem por volta das 14h30. Trata-se de Paulo Fernandes de Lima.

Conforme o relato à Polícia Militar, ela não estava conseguindo contato com o pai por telefone. Por isso, a filha se deslocou à casa dele, onde ele morava sozinho. A porta estava encostada e a jovem abriu e viu que o pai já estava morto. Ainda de acordo com ela, Paulo não tinha vícios e não era de faltar no emprego. Mas nessa segunda, não apareceu e nem atendeu as ligações.

Em seguida, os policiais isolaram o local e acionaram os órgãos competentes. O corpo deu entrada no Instituto Médico Legal (IML) de Guarapuava por volta das 15h52. Por fim, o velório ocorre nesta terça (25), na Capela Mortuária do Batel e o sepultamento ainda será definido pelos familiares.

CUIDADO COM A SAÚDE MENTAL
Somente em janeiro de 2022, o Portal RSN noticiou quatro casos de atentados contra a vida. Entretanto, a Polícia Civil registrou cinco suicídios em Guarapuava. Os números refletem a importância sobre a saúde mental, principalmente em meio a campanha Janeiro Branco. O mês tem o objetivo de chamar a atenção para as questões e necessidades relacionadas à saúde mental e emocional das pessoas.

Isto porque, no primeiro mês do ano, as pessoas estão mais propensas a pensarem nas próprias vidas e como uma folha em branco, elas podem recomeçar. De acordo com a psicóloga Pamella Batista de Souza, o que podemos fazer é falar sobre isso e não deixar ser um tabu. Assim, é possível ajudar as pessoas que dão sinais.

"O mundo está cada vez mais doente e tem vários fatores que interferem nisso. A cultura, autocobrança, julgamento dos outros, ansiedade, depressão, traumas e até histórias de vidas que não foram fáceis. Todos esses fatores quando são somados e não são cuidados fazem com que o “copo” acumule. Se a pessoa não tem práticas no dia a dia dela que ajudem ela a esvaziar esse “copo”, ele vai transbordar e uma das formas pode ser o suicídio."

Desse modo, se você precisa de ajuda, não espere para procurar ajuda. O Centro de Valorização da Vida (CVV) proporciona apoio emocional e prevenção ao suicídio. O atendimento é feito de forma voluntária e de graça pelo número 188.

"O suicídio não é um ato de fraqueza, mas de desespero. Muitas vezes as pessoas que tentaram isso não tiveram o apoio das outras, não se sentiram a vontade para falar sobre esse assunto. Poucas pessoas chegam ao psicólogo ou até tomar medicamentos. Isto faz com que os números ainda aumentem. Por isso, buscar ajuda é tão importante."

(Com Portal RSN).


Quer ficar por dentro das principais notícias da região? Então acompanhe o Portal Douglas Souza nas redes sociais, clicando nos seguintes links: WhatsApp | Facebook | Instagram

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEj23v8ptcRUDOBhUGA4tx-sr3uWRsBaBV0udG1nrktZWmbPqpMyUYvaNTPuB9Hz2jj8QX_59GuHB5mtSWif5lC5qOPn85eo3yCvLypzyuH2AvWFKYHOQhgzn9FBfvLOajGqpEif3biKfsIwUsTSwXvq_D4iGMVE2ySqzZPHAlt78VjJbD46rxD8GIQh/s730/P002.gif
https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEhGeS-LLzkA_63ReClz19vLaOwBzV5BxEROZ7840QVqZ91IdEsgAz5f-i1Yeul3LtYLbCYyrrhl0D75ZpJpBiIrAcfYbYI7d_uHhkbHu69149aZJw_epInD2y7Yfl0cRyhCGrsnsEh8glDZy8Jlb0KUuzN158j9okkZP3qx3y9RZvUZsMNMfAOZkhtz/s730/P001.gif
https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEhGeS-LLzkA_63ReClz19vLaOwBzV5BxEROZ7840QVqZ91IdEsgAz5f-i1Yeul3LtYLbCYyrrhl0D75ZpJpBiIrAcfYbYI7d_uHhkbHu69149aZJw_epInD2y7Yfl0cRyhCGrsnsEh8glDZy8Jlb0KUuzN158j9okkZP3qx3y9RZvUZsMNMfAOZkhtz/s730/P001.gif