https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEiI-1ys1n_67SBduIdqWDQVXRtQLb9uS2VzZroFi6dX8lP8X0Fp4cGvX6ENoY3vHbyCG7l6ZM7m1eA92VI9TOQyorz_p8jXJNdwgPOViPG70RFM68CsQ_YTAgUU6PgSe7DFEqCWaKOwzvAtIRVIujhAEt4fBPdESk6F-GQYzbX3WP9YrIz3suL0xrL7/s730/N01.gif

Senado aprova PEC e inclui piso da enfermagem na Constituição

Medida cita enfermeiros, técnicos, auxiliares e parteiras; texto vai à Câmara

Foto - Reprodução/Alessandro Dantas

O plenário do Senado aprovou nesta quinta-feira (2), em dois turnos, a Proposta de Emenda Constitucional (PEC 11/2022) para instituir o piso salarial nacional de enfermeiros, técnicos de enfermagem, auxiliares de enfermagem e parteiras. A ideia é dar mais segurança jurídica para a medida.

A proposta determina que lei federal instituirá pisos salariais nacionais para essas categorias, assim como foi proposto no PL 2.564/2020, do senador Fabiano Contarato (PT-ES), já aprovado pelo Senado e pela Câmara dos Deputados.

“Vocês é que foram responsáveis pela aprovação dessas propostas. Com esse PL vocês viram a força que vocês têm. É só através da política que nós mudamos. Essa Casa está fazendo algo que deveria ter feito há muito tempo. Vocês, muitas vezes, são subjugados, humilhados e precisam ter dois ou três vínculos empregatícios para ter o mínimo de dignidade”, disse o senador Fabiano Contarato aos trabalhadores e trabalhadoras que estavam no plenário acompanhando a votação.

Ao inserir na Constituição essa determinação, a intenção é evitar uma eventual suspensão do piso na Justiça, sob a alegação do chamado “vício de iniciativa” – quando a proposta é apresentada por um dos Poderes sem que a Constituição Federal lhe atribua competência para isso.

O PL aprovado anteriormente prevê piso mínimo inicial para enfermeiros no valor de R$ 4.750, a ser pago nacionalmente por serviços de saúde públicos e privados. Em relação à remuneração mínima dos demais profissionais, o texto fixa 70% do piso nacional dos enfermeiros para os técnicos de enfermagem e 50% para os auxiliares de enfermagem e as parteiras.

Proposta segue para análise da Câmara dos Deputados.


Quer ficar por dentro das principais notícias da região? Então acompanhe o Portal Douglas Souza nas redes sociais, clicando nos seguintes links: WhatsApp | Facebook | Instagram

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEh9s_lMK7Az2PtqFRjVLJM1Jr1PPl4K9hJX9TFHZp032cR6fCwsmhToxFK1nMUPiaVJ6sYtRVCpzNzRc8lL9L0MQ7iAEDjKZajh7HOBCS8znEJKRw0t95yvvuc4JyMwEMeORl0G4F0VC7343nT-OnvJvWMKT0h7SQReKffBIPGOxSbHNXVmJ0eDv39c/s16000/N02.gif
https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEiI-1ys1n_67SBduIdqWDQVXRtQLb9uS2VzZroFi6dX8lP8X0Fp4cGvX6ENoY3vHbyCG7l6ZM7m1eA92VI9TOQyorz_p8jXJNdwgPOViPG70RFM68CsQ_YTAgUU6PgSe7DFEqCWaKOwzvAtIRVIujhAEt4fBPdESk6F-GQYzbX3WP9YrIz3suL0xrL7/s730/N01.gif
https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEiI-1ys1n_67SBduIdqWDQVXRtQLb9uS2VzZroFi6dX8lP8X0Fp4cGvX6ENoY3vHbyCG7l6ZM7m1eA92VI9TOQyorz_p8jXJNdwgPOViPG70RFM68CsQ_YTAgUU6PgSe7DFEqCWaKOwzvAtIRVIujhAEt4fBPdESk6F-GQYzbX3WP9YrIz3suL0xrL7/s730/N01.gif