https://blogger.googleusercontent.com/img/a/AVvXsEjF-MkQGVlp-i3vGmFXK6Y9t0cFif2N1B0TyJr1KuwBa6xNdm5_54-eihYXkW4Eq7ue7FVXFweNuG4ovcbeAYeOLmrHFL4aCfWmQ4_rOeyQ6t9VX_6Z07qgntzQGP-GH762DAJqpSgSUPLUNReALbN-dHoStfp4Qxvu2OB2lMCJnljvSiwRgwSTR6Q8=s16000

Laranjal e Mato Rico serão beneficiados com o programa 'Caixa d'Água Boa'

As famílias selecionadas pelo programa recebem uma caixa d'água de 500 litros e um kit de instalação. Além de R$ 1 mil para os demais gastos

Foto - SEJUF

Está previsto nos Direitos Humanos que todo cidadão tem direito às condições básicas de sobrevivência. Uma delas é o acesso a água potável. Dessa forma, 16 municípios da Região de Guarapuava serão beneficiados pelo projeto Caixa d’Água Boa. De acordo com o Governo do Estado, a iniciativa atende pessoas em situação de vulnerabilidade, disponibilizando uma caixa d’água de 500 litros e um kit de instalação.

Além disso a pasta oferece R$ 1 mil para a instalação e treinamento de como fazê-lo. De acordo com as informações, o projeto vai atender mais de 1,5 mil famílias de 51 municípios em 2022. Entre eles estão os municípios próximos a Guarapuava. São ele, Candói, Coronel Vivida, Mato Rico, Laranjal, Guaíra, Bituruna e Prudentópolis. Além de Inácio Martins, Novas Laranjeiras, Pinhão, Turvo, Virmond, Mangueirinha, Rio Bonito do Iguaçu, Rio azul e Nova Tebas.

Desde o início do projeto a Coordenadoria da Unidade Técnica do Programa Nossa Gente Paraná implementou o Caixa d’Água Boa, 4 mil famílias de 143 municípios receberam o benefício.

"Queremos levar este projeto para o maior número possível de municípios. Ter água em casa é fundamental para a saúde, a higiene e a alimentação."

COMO PARTICIPAR
Para participar do Caixa d’Água Boa as famílias precisam residir em município que possua contrato de concessão ou programa vigente com a Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar). Também é necessário residir em domicílio abastecido pela Companhia. Por fim para conseguir o benefício a família não pode possuir caixa d’água em casa.

Além disso, a renda mensal deve ser de até meio salário mínimo nacional por pessoa. Além disso é obrigatório estar inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do governo federal. Por fim deve-se encontrar em situação de vulnerabilidade social, conforme o Índice de Vulnerabilidade das Famílias (IVFPR) do Programa Nossa Gente Paraná. (Com Portal RSN).


Você sabia? 
O Site Portal Douglas Souza tem mais de 2 milhões de visitas mensais.

Quer ficar por dentro das principais notícias da região? Então acompanhe o Portal Douglas Souza nas redes sociais, clicando nos seguintes links: WhatsApp | Facebook | Instagram

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
https://blogger.googleusercontent.com/img/a/AVvXsEgi876Yj1kWQ7OWotTN7tcX9AO2NEyaptWqxmeBmipSqsLdk2nQPLMlYRslFFrv0CIrglAEKUvgkowjFNxuYEG8QyVz_jSqFEjsdqxdeLA5p35VOO2KbF-ENhWUXyOQfyPosWSJl1sub1cf_qEERtVYYVGwF-g2MrdHBT0MD73bCVYWS4OTHP1JayJe=s16000
https://blogger.googleusercontent.com/img/a/AVvXsEjF-MkQGVlp-i3vGmFXK6Y9t0cFif2N1B0TyJr1KuwBa6xNdm5_54-eihYXkW4Eq7ue7FVXFweNuG4ovcbeAYeOLmrHFL4aCfWmQ4_rOeyQ6t9VX_6Z07qgntzQGP-GH762DAJqpSgSUPLUNReALbN-dHoStfp4Qxvu2OB2lMCJnljvSiwRgwSTR6Q8=s16000
https://blogger.googleusercontent.com/img/a/AVvXsEjF-MkQGVlp-i3vGmFXK6Y9t0cFif2N1B0TyJr1KuwBa6xNdm5_54-eihYXkW4Eq7ue7FVXFweNuG4ovcbeAYeOLmrHFL4aCfWmQ4_rOeyQ6t9VX_6Z07qgntzQGP-GH762DAJqpSgSUPLUNReALbN-dHoStfp4Qxvu2OB2lMCJnljvSiwRgwSTR6Q8=s16000